Dinheiro em Bits

Nas pegadas do Facebook

Nas pegadas do Facebook

彩民彩票平台Uma hora é o Google, a outra, o Facebook. A verdade é que a FTC (Federal Trade Comission, órg?o que regula o comércio nos EUA) n?o sai do pé das duas gigantes techs. Desta vez a agência considera impetrar uma liminar antitruste contra o Facebook, para impedir que a empresa de Mark Zuckerberg integre a tecnologia de back end dos seus três servi?os de mensagens – WhatsApp, Facebook Messenger e Instagram Direct Message. A informa??o foi divulgada pelo The Wall Street Journal, que apontou até a data para o processo come?ar: janeiro. N?o seria o primeiro. O Facebook, diz o WSJ, está sob investiga??o por motivos antitruste em várias frentes nos Estados Unidos – do Departamento de Justi?a, do Congresso e de 47 procuradores gerais. O recurso da Comiss?o Federal de Comércio pode indicar que o órg?o pretende tomar uma a??o antitruste mais extensa – leia-se desmembrar as empresas. Para evitar a unifica??o da base de dados, a FTC precisará provar que as aquisi??es do WhatsApp e do Instagram pelo Facebook foram feitas de maneira defensiva, portanto, anticompetitiva. Quando o Facebook anunciou pela primeira vez seu plano de interoperabilidade, em janeiro, sugeriu se tratar de estratégia para combinar, conter e consolidar usuários no seu ecossistema de mensagens. Mas a unifica??o das opera??es das plataformas pode ser facilmente interpretada como monopólio, porque elas compartilhariam infraestrutura, tornando-as mais difíceis de dividir.

A corrente do amor

Divulga??o

As blockchains est?o ajudando até o amor. O primeiro registro de uni?o estável no Brasil por meio da tecnologia foi gra?as à rede Notary Ledges, da startup Growth Tech, que fornece servi?os cartoriais digitalmente usando o IBM Blockchain Platform. Os votos foram feitos pelo defensor público Diego Vale e pelo médico tenente da For?a Aérea Brasileira Guilherme Mesquita. A certid?o foi validada por dois notários e assinada digitalmente. A rede Notary Ledgers permite servi?os cartorários em ambiente virtual, com as transa??es validadas e registradas em uma blockchain formada por diversos cartórios do país. A partir da rede é possível lavrar procura??es, registros de óbito e uni?o estável e escrituras. Quando os dados s?o validados e o servi?o pago, tudo é registrado na rede blockchain, que forma um livro-raz?o único, com registros de todas as transa??es que ocorrerem na rede.

Crueldade sem limite

Os piratas virtuais nunca tiveram pruridos, mas os ataques cibernéticos est?o cada vez mais bárbaros. Em novembro, nos EUA, vídeos e gifs de luz estroboscópica foram enviados a seguidores da Funda??o Epilepsia (Epilepsy Foundation), aparentemente para disparar convuls?es em portadores da condi??o – um dos riscos de ficar exposto às luzes piscantes. Os ataques foram ainda mais condenáveis, disse a Funda??o, pois era o Mês Nacional da Consciência sobre a Epilepsia. N?o se sabe quantos usuários clicaram nos arquivos.