彩民彩票平台



Céu azul para a energia solar

Céu azul para a energia solar

A pedido do presidente Jair Bolsonaro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai abrir m?o de proposta de “taxar” a chamada gera??o distribuída de energia, que envolve principalmente a instala??o de placas solares em telhados e terrenos por consumidores. Bolsonaro, que vinha sendo pressionado pela decis?o, entendeu que cobrar imposto sobre energia limpa é, no mínimo, impopular. Com isso, n?o vai haver necessidade de mobiliza??o do Congresso para barrar a proposta. Desde 2012 há incentivos para que pessoas físicas e jurídicas invistam na instala??o de placas fotovoltaicas para gera??o própria de energia. O excedente é enviado para a rede da distribuidora, mas depois pode ser consumido por quem o produziu quase sem custos.

彩民彩票平台A Aneel abriu consulta pública encerrada em novembro de 2019 e estava na fase de elabora??o da proposta para diminuir tais incentivos e cobrar encargos. O Congresso Nacional e o Executivo, no entanto, já haviam se posicionado contra a Aneel.

(Nota publicada na edi??o 1153 da Revista Dinheiro)


Mais posts

BRF testa carro 100% elétrico

A BRF quer substituir sua frota de veículos por carros elétricos. Inclusive, em continuidade a um projeto que teve no início do ano [...]

Ambev contra o plástico

A cervejaria Ambev deseja acabar com a polui??o plástica de suas embalagens até 2025. Para atingir o objetivo, a atua??o será em três [...]

Frango sem estresse

De uns tempos para cá, muito se fala em processos produtivos sustentáveis, com uso de energias limpas e renováveis, que protejam os [...]

Tecnoambiental

Pesquisadores da IBM Brasil desenvolveram uma solu??o que analisa o fluxo de líquidos, como água, petróleo e dióxido de carbono, em [...]

Aspen Pharma dá exemplo de inclus?o

Um bom exemplo de inclus?o foi dado pela filial brasileira da fabricante de medicamentos sul-africana Aspen Pharma. Por meio do [...]
Ver mais

Copyright ? 2020 - 彩民彩票平台
彩民彩票平台 Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento彩民彩票平台 A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.